Loading...

ALERGIA RESPIRATÓRIA

Nos últimos dias tenho passado por alguns problemas de saúde, mas precisamente de todo aparelho respiratório, que no intuito de me defender de algum vírus, bactéria e uma infinidade de substancia existentes no ar que respiramos, responde de forma adversa a esses ataques.

Como sou portador de ASMA, RINITE e SINUSITE, resolvi publicar algumas informações sobre cada um dos problemas que passei, para que você possa identificar alguns desses sintomas e tratá-lo o mais rápido possível.

ALERGIA RESPIRATÓRIA (RINITE)

Alergia não significa falta de defesa do organismo, mas o contrário: trata-se de uma defesa exagerada contra agentes que não são potencialmente agressivos ao ser humano. Os causadores mais comuns são a poeira doméstica, ácaros, fungos, pólen, pelo de gato ou cachorro, fumaça de cigarro, óleo diesel e produtos químicos.

A Rinite alérgica é causada por reação inflamatória do organismo contra substâncias que provocam alergia e se manifesta quando a pessoa inala algum agente ao qual é intolerante.

SINUSITE

A sinusite é uma inflamação que ocorre na face, mais próximo às regiões do nariz, olhos e maçãs do rosto, por causa do acúmulo do líquido que vai para o nariz. Normalmente a sinusite se manifesta após gripes, alergias e mudança de pressão do ar que provocam corrimento nasal, sensação de peso na cabeça, dor de cabeça, obstrução nasal, espirros, febre e outros.


ASMA

Asma é o estreitamento dos bronquíolos (pequenos canais de ar dos pulmões) que dificulta a passagem do ar provocando contrações ou broncoespasmos. As crises comprometem a respiração, tornando-a difícil.
Quando os bronquíolos inflamam, segregam mais muco o que aumenta o problema respiratório. Na asma, expirar é mais difícil do que inspirar, uma vez que o ar viciado permanece nos pulmões provocando sensação de sufoco.

SOLUÇO

O soluço é uma respiração com espasmos provocada pelo súbito fechamento da glote (abertura localizada na laringe, que serve de passagem de ar para os pulmões) simultâneo à contração do diafragma (músculo respiratório situado entre o abdômen e o tórax). A maioria dos casos de soluço tem duração breve; mas existem situações em que a pessoa soluça durante horas. Embora raros, em alguns casos o soluço pode se tornar crônico e durar anos.

Fonte:www.drauziovarella.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário